Dicas para combater o desemprego

Existem cada vez mais pessoas desempregadas no país lutando incansavelmente por encontrar um emprego digno sem serem totalmente explorados como tantas vezes acontece em momentos de necessidade profunda.

combate-ao-desempregoNos dias de correm, as pessoas estão a passar por um momento muito complicado da sua vida, não tendo muitas vezes o que comer nem dar de comer à sua família e por isso necessitam de encontrar emprego desesperadamente, mas não se iludam e não aceitem qualquer proposta que vos apareça, pois muitas vezes as entidades empregadoras aproveitam-se destes momentos de fragilidade para conseguirem mão-de-obra a preços no mínimo ridículos.

Não é fácil combater o desemprego quando parece que todos fecham as portas em que se bate mas é muito importante ter força de vontade e continuar a lutar diariamente contra as adversidades do dia-a-dia. Existem alguns aspetos que deverá ter em conta quando estiver numa situação de desemprego, mesmo antes de iniciar a sua procura precisa de manter a sua cabeça limpa e sem maus pensamentos, tente não entrar num estado de depressão isso só piorará a sua situação, mentalize-se que se não der num emprego existirá um outro que servirá para si, nunca desista da procura, acredite em si, vista a melhor roupa que tiver no armário para ir as entrevistas (uma vez que a aparência também conta bastante, coloque-se bonita) e o mais importante todos sabemos que se adquirimos um determinado estado não o queremos abandonar, contudo numa situação desemprego por vezes é necessário sair um pouco da sua área de conforto e trabalhar em locais que não são bem da sua área e com um cargo um pouco abaixo das suas qualificações, se tal surgir, pense que será só temporário até poder encontrar algo melhor e na sua área.

combater o desemprego

Caso não consiga encontrar emprego poderá sempre seguir o exemplo de muitos portugueses e ser empreendedor, criando o seu próprio emprego, numa área que lhe dê prazer e que a fará sentir-se completa e realizada. Para isso é importante que pense bem antes de fazer qualquer escolha, analise bem as suas hipóteses, veja se existem alguma pessoa de confiança para abrir o negócio consigo pois irá ajudá-la na construção do negócio e nos seus custos.

Dicas para combater o desemprego com o próprio negócio:

  • Opte por abrir o negócio numa área de que goste: Caso não seja possível abrir negócio na sua profissão poderá sempre optar por uma outra área de que goste. Existe sempre uma ou outra área que lhe daria imenso prazer explorar, por isso invista em uma delas;
  • Sócio/a: Poderá começar esta nova etapa da sua vida sozinha mas caso a sua situação financeira não o permita ou se se assim sentir melhor, tente encontrar alguém de confiança para a acompanhar neste negócio;
  • Localização: Quando pensar no seu negócio pense também na zona onde o vai implementar, ou seja, nem sempre o negócio que se pretende abrir se enquadra no local onde se vive, por isso veja se está disposta a escolher outro local ou outro negócio, pois não lhe compensará abrir um negócio que não dará frutos nenhuns;
  • Público-alvo: É importante que deste sempre cative os clientes para irem ao seu negócio, como é óbvio, a não ser que seja algo bastante chamativo e inovador, os primeiros tempos não serão fáceis, mas com o tempo tudo acabará por estabilizar.
  • Sugestões de negócios: Deverá ter sempre em atenção os seus gostos para este novo início de vida, contudo deixamos aqui algumas sugestões dos negócios mais procurados pelos portugueses: bricolage, revenda de vestuário ou artigos para casa, consultoria em várias áreas, artesanato, cozinha, estética, design, moda, entre outros;

Esperemos que com estas dicas seja mais fácil contribuir para a diminuição da taxa de desemprego em Portugal.

Joana Esteves

Paixão pela internet e finanças pessoais . Autora de vários artigos no site Aprender a Poupar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

error: O conteúdo está protegido !!