Regras de ouro para as suas finanças pessoais

O seu dinheiro

Quando se fala de finanças pessoais são muitas as pessoas que afirmam que cada um as gere à sua maneira, porém existem algumas regras e dicas que podem seguir para tentar potencializar essas mesmas finanças de forma a conseguir poupar dinheiro de forma mais eficaz. Hoje vamos aqui deixar uma lista de regras de ouro para tratar as suas finanças pessoais como autênticas pérolas preciosas.

– Deverá poupar uma percentagem fica todos os meses, aconselhamos algo entre 5-10% !

– Registe todos os seus gastos, torna-se mais fácil de ir verificando onde está a gastar mais dinheiro, mês após mês.

– Evite entrar em negócios milagrosos, pirâmide ou jogos de azar, geralmente só lhe vão trazer mais problemas.

– Analise ao pormenor todos os seus produtos bancários e seguros, procure as melhores opções no mercado e não tenha medo de mudar.

– Sempre que for fazer um grande investimento, pense na pior das hipóteses (ficar sem emprego) e apenas continue a compra se mesmo assim conseguir fazer o pagamento sem prejudicar o seu orçamento.

– Todas as suas compras, além da alimentação para casa, devem ser feitas de acordo com as necessidades, ponderando sempre os melhores momentos e locais para as fazer.

– Poupe para o futuro, tenha um fundo de emergência ou mesmo um plano poupança reforma, nunca se sabe o que vai precisar.

– Quando as suas finanças estiverem ligeiramente mais folgadas, em vez de aumentar as suas despesas, aumente as suas poupanças e coloque mais dinheiro de lado.

– Tenha muito cuidado com a sua saúde e vá fazendo check-ups, torna-se menos dispendioso que as consultas extras ou memso os tratamentos para problemas existentes. Prevenir pode ser uma fantástica poupança.

– Vales de desconto, vouchers e promoção são fantásticas opções para conseguir poupar bastante.

– Se tem o objectivo de fazer investimentos em produtos bancários, como o Forex ou as Acções, então o melhor é informar-se e ter conhecimentos base antes de avançar, garantindo que não vai perder o dinheiro investido.

– Tenha metas definidas, seja a nível de compras ou de poupanças, e gira as suas finanças pessoais de acordo com esses objectivos.

– Aproveite a vida ao máximo, não dependendo exclusivamente do dinheiro, já que felicidade, amor e compreensão não podem ser comprados pelo dinheiro!

No Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.