Como Fazer um Orçamento Doméstico ou Familiar

Orçamento Doméstico ou Familiar

Um orçamento permite controlar os gastos familiares, para que tenha disponível dinheiro suficiente para pagar as contas mensais, nessa óptica é preciso saber como fazer um orçamento doméstico ou familiar.

Descubra como fazer um orçamento doméstico ou familiar

Você pode optar por criar um orçamento numa folha do Excel ou de forma manual num caderno pessoal, contudo, independentemente do método escolhido, é importante que tenha em consideração diversos aspetos, como:

Simplicidade

Portanto, você pode optar por uma folha de cálculo ou simplesmente comprar um caderno e fazer o seu orçamento com o recurso a um lápis.

O objectivo passa por “direcionar” o dinheiro para as suas prioridades, quer sejam necessidades e gastos básicos, quer sejam sonhos como uma viagem ou um carro.

Ter um objetivo

Tenha um objectivo, pois este faculta-lhe a disciplina e motivação necessária para se manter fiel ao seu orçamento.

Avaliação

Avalie as suas despesas e procure por oportunidades para poupar dinheiro. Desenvolva um plano para cortar gastos em áreas específicas.

Separe gastos fixos dos esporádicos

Liste as suas despesas fixas, como a renda da casa ou o seguro automóvel e separe-as de outras despesas. Para chegar aos valores reais, analise o seu cartão de crédito e os gastos com o mesmo.

Crie subcategorias

Muitas pessoas não fazem ideia do quanto gastam em jantares fora, em viagens, presentes, roupas e outros artigos e cuidados.

Analise estas despesas e estabeleça de forma realística montantes ou limites de gastos para as mesmas.

Pague o que tiver em dívida

Se está a ter dificuldades em pagar o seu cartão de crédito, empréstimos ou outras dívidas, um orçamento pode ajudar a resolver este problema. Separe sempre dinheiro suficiente para pagar mais do que o mínimo, especialmente no que concerne aos cartões de crédito, os quais têm taxas de juro muito altas.

Fundo de maneio para gastos pessoais e emergências

Crie um fundo de maneio para os seus gastos pessoais, algo que possa gastar em si, o que lhe permite manter a disciplina e a motivação para seguir à linha o orçamento. Separe dinheiro também para emergências.

Não implica que sejam valores elevados, mas se for poupando mensalmente, quando chegar à altura em que este dinheiro será necessário, decerto que terá um valor interessante já separado para qualquer emergência.

Use dinheiro

Quando pagar algo pessoalmente, use dinheiro. Muitos peritos em orçamentos recomendam que crie envelopes para as várias categorias dos seus gastos, como a alimentação ou a gasolina.

Mensalmente actualize os envelopes com o dinheiro que orçamentou para estas categorias.

Isto permite-lhe verificar o que está a gastar.

Antecipe as suas despesas

No início de cada mês, tente prever todas as suas despesas para os próximos 30 dias. Depois disso, você pode os necessários ajustamentos, como mudar dinheiro de uma categoria para outra.

Siga o seu plano

As dicas supracitadas decerto ajudar-lhe-ão se não souber como fazer um orçamento doméstico ou familiar, todavia, de nada serve ter um orçamento, caso você não siga o mesmo.

Se você seguir o seu plano e não se desviar do seu orçamento, decerto que não conseguirá controlar o seu orçamento doméstico e familiar, como poderá reduzir as despesas e fazer com que lhe reste mais dinheiro todos os meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *