Poupar em tempos de universidade

Poupar dinheiro na universidade

Todos os estudantes universitários sentem as contas apertadas, sobretudo se vivem com um valor fixo por mês que simplesmente não estica. Podemos aumentar esse valor com simples medidas para diminuir o que gastamos no geral.

Primeira regra: fazer um orçamento

Criar um orçamento permite limitar os gastos que precisamos de fazer e não acabar, por exemplo, por gastar o nosso dinheiro para as compras numa saída. Um truque para o orçamento nos ajudar o mais possível é criar uma seção para poupança, ou seja temos sempre algum dinheiro de lado caso aconteça alguma coisa. Para quem paga as propinas em prestações é também recomendável tirar logo uma parte do orçamento mensal para se ir juntando o dinheiro da dita prestação.

Segunda regra: Não ir atrás de toda a gente

Uma das coisas que mais nos faz gastar dinheiro na universidade é sem dúvida ir atrás de toda a gente. O professor diz: “precisam deste livro”, e nós vamos a correr comprar, o nosso colega vai a uma festa, vamos com ele, no dia seguinte um jantar… e lá vamos nós também.

A ideia aqui é balançar os gastos e não os suprimir. Se um professor pede um livro que serve apenas para aquela cadeira, o melhor será pedir emprestado, fotocopiar páginas chave, ou requisitar numa biblioteca; se o livro será útil ao longo de toda a nossa licenciatura\mestrado já devemos considerar comprar. Quanto aos nossos amigos e colegas, temos de balançar as nossas despesas, se não podemos gastar tanto sugerimos por exemplo fazer um jantar em casa. Com ingredientes simples uma refeição pode ser apenas 2 euros, em vez dos normais dez de um restaurante.

O importante é ver se é mesmo necessário gastar mais dinheiro para ter os mesmos materiais ou divertimento.

Terceira regra: Não comer fora o tempo todo e comprar os produtos certos

Se existe a possibilidade de comer em casa, aproveitem! A comida é geralmente mais saudável e gastam menos. Pois cinco euros no supermercado dão muitas vezes para mais comida do que cinco euros num café. Além disso não comprem só pizas congeladas, lasanhas, ou massas com temperos e assim. Cozinhem uma refeição do principio ao fim. Um pacote de massa já pronta a colocar na panela com tempero custa cerca de 2€ enquanto que meio quilo de esparguete custa menos de 1€ , ou seja conseguimos fazer a tal massa com tempero umas cinco ou mais vezes, só com aquele pacote de massa e sempre mais barato do que comprando já feito.

Ao comprar é importante também ver se o preço é melhor, não liguem aos preços das embalagens, vejam na mesma etiqueta o preço por quilo, muitas vezes compramos o mais barato sem nos apercebemos que levamos menos produto pra casa.

Aproveitem promoções, aprendam a congelar comida, por exemplo arrumar carne no congelador em pequenas quantidades equivalentes ao que consumimos, e assim poupar. Além disso se cozinharmos por exemplo um bolo por semana, ficamos com um lanche para levarmos connosco, se fazer bolos não é o nosso forte, basta levarmos cereais e um iogurte ou algumas bolachas.

Poupar na universidade não quer dizer que não podemos comer bem e saudável, que temos de ficar em casa a semana toda ou que vamos chegar ao fim do mês falidos. É tudo uma questão de equilíbrio e gestão de finanças.

No Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *