Dicas para ensinar as crianças a poupar dinheiro

Regra geral: quando se trata de poupanças, nunca esperar até á última. Daí ter de ensinar aos seus filhos a sua importância e incentivá-los a poupar tudo o que puderem de forma a terem um bom futuro.

Experimente dar mesadas especiais em que parte do dinheiro é armazenado num mealheiro, enquanto a restante é pra gastarem onde quiserem. Ao seguirem esta regra á risca, os ganhos irão aumentar de mês para mês, isto sem afectar a falta de dinheiro para outras despesas.

Falar-lhes um pouco dos custos de vida, especialmente na universidade, pode abrir-lhes um pouco os olhos, diminuindo assim o risco de se sentirem tentados a gastar logo todo o dinheiro que possuam.

Incentive as crianças a guardar todos os trocos que obtiverem, por muito poucos que sejam. O dinheiro começará a acumular ainda mais, juntamente com parte da mesada já guardada no mealheiro.  Com poupanças, quanto mais depressa se avançar, melhor.

Sensibilize os filhos falando de pessoas que não têm absolutamente nenhum e dariam tudo para terem feito o mesmo que os filhos terão de fazer nesse momento: poupar o mais possível. Ficarão a pensar em como não querem acabar na mesma situação e cederão de certeza.

Aumente a mesada com a condição de prometerem poupar ainda mais com base na percentagem antiga. Isto irá entusiasmá-los e será como um sinal de confiança para com os seus filhos, crendo que realmente irão cumprir a dada condição. No final de contas, eles é que ficam a ganhar com isso tudo.

O mais importante é fazê-los perceber que não se trata de privá-los de dinheiro para despesas actuais, mas garanti-lo para despesas futuras. Enquanto crianças um gesto desses pode ser um enorme sacrifício mas, com um pouco de paciência, esse gesto começará a dar frutos e terão um futuro para sustentar facilmente.

Comments

  1. By Arminda Esgueirão

    Responder

  2. By Filomena Rodrigues

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *