Dicas para Aprender a Poupar Dinheiro

A importância de poupar dinheiro

Aprender a poupar nem sempre é tão complicado como a maioria das pessoas anuncia, tudo não passa de força de vontade e algum hábito. Só poderá existir poupança, se for feita da forma correcta para que não implique problemas financeiros futuros ou mesmo mudanças que se possam traduzir em problemas familiares.

A “arte” de poupar dinheiro torna-se complicado devido à sociedade em que estamos inseridos, isto é, habituados a estar constantemente dentro da mesma zona de conforto, torna-se muito complicada a mudança de hábitos, novas regras diárias e novos objectivos. Porém, o contorno dessa situação pode ser a alavanca que é necessário para conseguir poupar muito dinheiro no final do mês e consequentemente do ano.

Poupar é uma conta como as outras

Encarar a poupança como uma conta como as outras é o primeiro passo para começar a poupar. Isto é, para começar a poupar de forma positiva e com os resultados que pretende, é importante que estabeleça data limites e valores limites para colocar de lado, como se fosse uma conta a pagar a si mesmo.

Mais importante que a quantidade é o hábito de colocar de parte essa mesma quantidade, por isso encontre um valor que não seja negativo para o seu orçamento e coloque-o mensalmente nessa mesma conta.

Objectivos para a poupança

Ter um objectivo concreto para as suas poupanças pode ser um dos factores mais importantes para quem quer poupar imenso. Ter objectivos é auto-motivar para chegar à meta final desejada.

Defina um objectivo visível, como a compra de um carro novo, umas férias merecidas, um desejo escondido, etc.

Aumente também as poupanças

Apesar de ser muito incomum existirem aumentos neste momento, sempre que isso acontecer deve aumentar também as suas poupanças. Em termos práticos, falando da poupança como uma conta como as outras, se o seu rendimento aumenta, deverá também aumentar o volume da sua poupança, reduzindo assim o tempo para conseguir atingir os seus objectivos.

Guarde as moedas soltas

Apesar de ser cada vez menos comum, a presença de um mealheiro em casa pode ser uma excelente ideia. Existem sempre moedas soltas na carteira ao final do dia, coloque-as no seu mealheiro e no final do mês, deposite esse dinheiro na sua conta poupança.

Pode parecer pouco, mas aliando esse valor à sua poupança mensal, rapidamente consegue atingir valores muito interessantes. Por exemplo, se colocar 1€ de lado por dia, no final do ano são mais de 350€, dando para umas férias muito interessantes!

Seja persistente

Evite ao máximo recorrer à sua conta poupança em casos de problemas financeiros, porém em casos extremos é sempre preferível que o faça a recorrer a créditos. Evite ao máximo “esquecer-se” da sua poupança um mês que esteja menos confortável, mas pelo contrário, faça sacrifícios para conseguir atingir esse objectivo.

Comments

  1. By José Fonseca

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.