Como poupar no Seguro de Saúde

Seguros de saúde

Este artigo tem como objectivo ajudar as pessoas a escolher e a poupar no seu Seguro de Saúde. O que é um Seguro de Saúde? Um seguro de saúde ou plano de saúde é um seguro que tem como objectivo ajudar as pessoas, no que diz respeito às suas despesas médicas. A verdade é que os seguros de saúde são pensados para pessoas saudáveis, ou seja, se for fumador ou tiver excesso de peso irá pagar um seguro mais elevado. Se tiver alguma doença como asma, diabetes ou hipertensão, o seu risco de vida aumenta, ou seja, tem de pagar mais pelo seguro.

Como é podemos poupar no nosso Seguro de Saúde?

Uma das hipóteses é tentar manter um estilo de vida saudável, praticando exercício físico regular, uma boa alimentação como também outras práticas que permitam que sejamos saudáveis. Desta maneira a probabilidade de contrair doenças diminui. Outro ponto a ter em atenção é a forma como é efectuada a subscrição do mesmo. Porquê? Porque uma grande parte das seguradoras canaliza os seus produtos por via bancária, devido às parcerias estabelecidas com os bancos. Logo se subscrever os seguros através da internet poderá conseguir economizar até dez por cento do valor a pagar.

A modalidade de pagamento do seguro poderá igualmente ter influência no valor a pagar. O melhor será pagar anualmente, porque quanto maior for o número de familiares abrangidos e menor a divisão do valor, menor será também o valor a pagar. Antes de se decidir por um seguro de saúde, conheça muito bem as suas necessidades e da sua família.Outro ponto que devemos ter em conta é a Modalidade dos Seguros.

Existem 3 modalidades: seguro de reembolso, seguro de assistência, seguro misto.Se pretende escolher os médicos, hospitais e clínicas onde é assistido, opte por um seguro de reembolso. O consumidor é responsável por todo o pagamento da dívida, mas pode reaver 80% a 90% do valor gasto, se apresentar à companhia os recibos ou facturas do que gastou. No entanto tenha em conta que, actualmente, poucas companhias comercializam esta modalidade.

Caso habite num grande centro urbano ou nas redondezas, opte por um seguro de assistência, porque ao recorrer aos profissionais e instituições da rede de cuidados médicos da companhia, tem mais probabilidades de encontrar nos grandes centros urbanos, esta paga quase todas as despesas abrangidas pelo seguro, até ao limite de capital contratado.

O segurado desembolsa uma pequena parte quando é assistido, geralmente um valor fixo: € 10 a € 15 em consultas, por exemplo. Em contrapartida, fica limitado na escolha dos médicos e, se tiver de deslocar-se para outras zonas do País, pode não encontrar profissionais associados à companhia. Recorrer a serviços fora da rede não convém, pois a comparticipação é mínima: 30 a 35 por cento.

Os planos mistos reúnem o melhor das duas modalidades porque permitem, ao segurado, optar pela rede de cuidados médicos da seguradora ou por serviços fora da mesma. Cabe ao segurado decidir o que mais lhe convém em cada momento Actualmente, a maioria das seguradoras tem seguros de saúde na modalidade mista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *