Endividamento Archive

Nome sujo no Banco de Portugal

Banco de Portugal Já aqui usámos várias vezes a expressão ” nome sujo no Banco de Portugal” nomeadamente em artigos de endividamento ou insolvência. Neste artigo vamos explicar melhor o que significa esta expressão , os efeitos que tem e como a resolver.   O que é então ter o nome sujo no BDP O

Empréstimos com cheques

Créditos particulares Existe particulares que facultam empréstimos sobre cheques, mas será que compensa ? Neste artigo vamos abordar um pouco esta nova forma de financiamento do qual recorrem maioritariamente  pessoas sem acesso á banca tradicional devido a terem o nome no Banco de Portugal.   As vantagens de empréstimos com cheques Uma das vantagens em

Penhora de ordenado

Prestações em mora, as consequências Ordenados penhorados acontecem quando existe uma dívida em incumprimento, podem ser dívidas de créditos bancários ou serviços entre outros exemplos. A penhora acontece após algumas prestações em mora, dos quais o devedor não pagou e o credor tenta reaver o dinheiro através da penhora de ordenado, penhorando a mesma no

Insolvência pela segurança social

Quanto custa pedir a insolvência pessoal ? Quando se chega a uma fase de sobreendividamento onde já existe penhoras sobre salários, prestações bancárias em mora e nenhuma hipótese de inverter a situação , o melhor a fazer é consultar um advogado e expor o seu caso para lhe ser concedida a sua insolvência pessoal. Tal

Está endividado ou insolvente ?

Insolvência pessoal Ao longo dos últimos anos as insolvências singulares e empresas cresceram bastante derivado principalmente ao desemprego , diminuição do rendimento familiar e aumento do custo de vida. Mesmo a nível de empresas ,  muitas têm recorrido à insolvência por já não terem meios de inverter a situação, nomeadamente o sector da construção civil

Dicas para lidar com o sobreendividamento

Crédito Malparado Os empréstimos chegam a arruinar vidas tal é o sobreendiviamento que causa em muitas famílias . Em outros anos de estabilidade da economia em Portugal era recorrente as famílias Portuguesas recorrerem ao financiamento da banca para conseguir comprar casa , carro ou outros bens que na altura era importantes. No entanto os tempos