Burlas Financeiras

Fraudes financeiras

Infelizmente no Mundo Financeiro existe sempre quem queira lucrar seja com ofertas de empréstimos bancários ou mesmo com promessas de investimentos sem risco nenhum o que não existe. Neste artigo vamos mostrar algumas formas mais utilizadas para burlas de créditos e em que qualquer pessoa pode cair se não tiver atento e usar o bom senso para analisar o que lhe estão a propor.

 

Créditos para pessoas com o nome sujo no Banco de Portugal

Já aqui referimos que quem entra em incumprimento bancário após algum tempo fica nos registos da central de créditos do Banco de Portugal a informação que está em incumprimento bancário com determinada instituição. Este registo negativo numa expressão mais popular é conhecida como ” ter o nome sujo no Banco de Portugal “.

Uma pessoa nestas condições não tem acesso ao crédito na banca tradicional porque todas e qualquer instituição financeira consulta os seus registos junto ao Banco de Portugal e o pedido de crédito é imediatamente reprovado por ser um cliente de risco em incumprimento noutra instituição.

Na internet e jornais é recorrente ver anúncios com promessas de créditos fáceis em que dizem emprestar dinheiro mesmo que tenha problemas bancários ou que esteja desempregado.

Como é de esperar só em condições muito especiais é que teria acesso ao crédito tendo problemas bancários e o mais certo é ser um esquema em que lhe vai ser prometido um crédito rápido e fácil a troco de uma quantia monetária para desbloquear o crédito ou com a desculpa que é para elaborar o contrato.

Após entregar o dinheiro provavelmente nunca mais irá ter um contacto por parte dessas pessoas e pode ter como referência o artigo que escrevemos no site sobre e lucra prestígio e extra consumo a título de exemplo.

 

Ofertas de empréstimos do estrangeiro

Outra forma muito antiga de burla de créditos é o envio de emails com oferta de empréstimos em entidades do estrangeiro. Esta técnica é utilizada onde estes burlões dedicam-se com softwares à captura de emails para depois enviarem propostas de créditos em que é pedido posteriormente dinheiro ou envio de documento, e em ambos os casos a finalidade é só uma – burla! Mesmo com o envio dos documentos pode ter sérios problemas como empréstimos em seu nome, serviços ou outros esquemas.

Estes tipos de emails em grande maioria vem escrito com um Português duvidoso porque são enviados por pessoas de outros Países, mas ultimamente já estão mais cuidadosos e o  email é bem estruturado e num Português correcto tendo assim uma taxa de sucesso mais elevada nas pessoas que conseguem burlar.

O esquema é particularmente simples , esses burlões dizem que são consultores financeiros de uma instituição financeira ou que são investidores privados e oferecem uma proposta de empréstimo . Caso responda a demonstrar o seu interesse vai ser confrontada com algumas perguntas e talvez o envio de alguma documentação e aqui já corre sérios riscos de usarem os seus documentos indevidamente . Em caso de pedirem dinheiro as desculpas usadas são muitas desde para elaboração de contrato, despesas de envio do dinheiro entre muitas outras que engenhosamente tentam incutir.

 

Burlado ? Faça queixa

Independentemente do tipo de burla financeira o lesado deve apresentar queixa nas autoridades competentes para serem accionados os métodos de investigação e quiça poder ver recuperado o seu dinheiro ou documentos. Principalmente a nível de documentos deve obrigatoriamente apresentar queixa porque a médio ou longo prazo pode começar a aparecer-lhe facturas de serviços ou compras em seu nome por pagar e sem queixa apresentada será muito difícil provar que foi vitima de burla no passado.

 

Se tem conhecimentos destas fraudes financeiras por favor partilhe connosco para prevenir que mais pessoas sejam injustamente lesadas porque infelizmente grande parte estão endividadas e procuram uma solução para os seus problemas e em vez disso são burlados por pessoas sem escrúpulos. Obrigada

 

 

 

Comments

  1. By andreia

    Reply

    • Reply

  2. By Luis Santos

    Reply

  3. By IRM

    Reply

    • By Gabriela

      Reply

    • By Gabriela

      Reply

    • By flavio garrett

      Reply

    • By Catia

      Reply

  4. By Cris

    Reply

  5. By Cris

    Reply

  6. By A.P.

    Reply

    • By PMMCR

      Reply

  7. By Alvaro Varela Jesus Maria

    Reply

  8. By ines pires

    Reply

    • By Alice Reis

      Reply

    • By Flavia

      Reply

  9. By zeli pereira domingos

    Reply

  10. By Rui machado

    Reply

    • Reply

    • By Marques

      Reply

    • By Manuel

      Reply

  11. By Rui machado

    Reply

    • By Alberto Pereira

      Reply

    • By veraltc

      Reply

  12. By Rui machado

    Reply

    • By José Pereira

      Reply

      • By Fábio

        Reply

        • By Vera

          Reply

      • By Vera

        Reply

  13. By mariobarbosa lima

    Reply

    • By mhp

      Reply

      • By Manuel

        Reply

    • By Sara

      Reply

    • By Paulo fernandez

      Reply

    • By jose neves

      Reply

      • By Ana Balseiro

        Reply

    • By Manuel

      Reply

    • By Manuel

      Reply

    • By Manuel

      Reply

    • By Maria santos

      Reply

    • By Manuel

      Reply

    • By Manuel

      Reply

  14. By mhp

    Reply

  15. By Maria

    Reply

  16. By Susana

    Reply

    • By Manuel

      Reply

  17. By Helder

    Reply

  18. By Cláudia Cabral de Oliveira Raminhos

    Reply

  19. By Rafaela

    Reply

    • Reply

    • By Manuel

      Reply

  20. By Manuel

    Reply

  21. By Elisabete maria vaqueiro bento PÃOZINHO

    Reply

    • By Alberto Pereira

      Reply

    • By Manuel

      Reply

  22. By Vera Santos

    Reply

  23. By Jcb

    Reply

  24. By Alberto Pereira

    Reply

  25. By Maria Veiga

    Reply

    • Reply

      • By Maria Veiga

        Reply

      • By maria veiga

        Reply

  26. By Ana Balseiro

    Reply

    • By Rita

      Reply

      • By Manuel

        Reply

      • By ana

        Reply

      • By maria santos

        Reply

  27. By Jorge

    Reply

  28. By PAULA

    Reply

  29. By Lúcia Costa

    Reply

    • By PAULO MENEZES

      Reply

    • By Carla Fernandes

      Reply

  30. Reply

  31. By Sonia filipa ferrrira costa oliveira

    Reply

  32. By Sonia filipa ferrrira costa oliveira

    Reply

    • By Ricardo

      Reply

      • Reply

      • By OML

        Reply

  33. By Carlos costa

    Reply

    • Reply

  34. By OML

    Reply

    • Reply

  35. By Oml

    Reply

  36. By OML

    Reply

  37. By Elsa

    Reply

  38. By Maria

    Reply

  39. By Maria

    Reply

    • Reply

    • By OML

      Reply

  40. By paulo silva

    Reply

    • Reply

    • By OML

      Reply

  41. By Márcio Ferreira

    Reply

  42. By ana timoteo

    Reply

    • Reply

  43. By Bruno

    Reply

  44. By vitor manuel dos reis martins

    Reply

  45. By Luis

    Reply

  46. By Vera Maria Antunes da Conceição Antonio

    Reply

  47. By Vera Nunes

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *