Aproveitar a crise para investir

Investir não é brincadeira nenhuma mas, apesar da crise, parece ser a opção ideal para fazer o dinheiro crescer. Por vezes, tem que se gastar para ganhar e é exactamente isso que se irá tratar aqui.

Comece por pagar as taxas de juros altíssimas desde o início. Sabendo que, mesmo poupando imenso dinheiro no seu cartão de crédito, as taxas só irão atrapalhar, trate delas o mais rápido possível para que não tenha de se preocupar mais com elas e pôr um início aos seus verdadeiros investimentos.

Crie um fundo de emergência para que tenha capital suficiente para investir no que tenha em mente, seja uma empresa ou um outro projecto ambicioso e pessoal. Pode pegar no seu salário e colocar parte dele neste fundo, permitindo ao seu dinheiro crescer aos poucos e sem problemas.

Escolha os seus alvos de investimento, como por exemplo: acções, contas, propriedades de imobiliário, empréstimos. Existe muito lá fora onde pegar e que poderia mesmo fazer as suas poupanças duplicar e até mesmo triplicar.

A Bolsa é onde deve realmente investir. Os ganhos chegam a ser astronómicos e, caso não saiba como tomar as decisões acertadas, fale com um consultor financeiro e ele ajuda-lo-á a tirar o maior partido possível do mercado.

Invista em muito, mas que seja barato. Não quererá arriscar o seu capital por um mero palpite e, se errar, pelo menos ainda terá uma grande margem de erro para futuros investimentos.

Venda o seu produto ao preço mais alto possível; esse é o verdadeiro objectivo de comprar barato. Tudo o que perder será recuperado e com grandes extras para a sua conta. Apenas certifique-se de que não se mete em negócios minimamente ilegais, ou tudo irá por água baixo mais cedo ou mais tarde. É uma questão de ganhar muito dinheiro, mas honestamente, sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *