7 Erros Caros ao Adquirir um Crédito Pessoal

Pelo menos uma vez durante a vida adulta contraímos um empréstimo para comprar algo ou mesmo iniciar um negócio. Os créditos pessoais são boas soluções quando precisa de dinheiro rapidamente sem ter de dar uma garantia, além de ter poucas questões à mistura. Nalguns casos, uma solicitação de empréstimo é aprovada quase na hora. Atualmente, existem credores que precisam apenas de 530 minutos para libertar o dinheiro, enquanto outros precisam de mais de 24 horas e até cinco dias úteis para processar a inscrição e aprovação.

PT_Blog_Costly_Mistakes_You_Make_When_Getting_a_Personal_Loan

Mas nem toda a gente tira o máximo proveito dos empréstimos que faz. Em vez de ganhar mais, essas pessoas acabam por perder dinheiro e acumular ainda mais dívida. Tal pode causar não só problemas financeiros, mas também em casa.

Obviamente que nem todos os erros que cometemos quando contraímos um empréstimo levam a dívidas, maiores problemas financeiros ou divórcio. Alguns deles são pequenos o suficiente para causar algumas inconveniências, como processos de aplicação prolongados e por aí fora. No entanto, estes são os erros mais caros que deve evitar:

Empréstimos Compulsivos

Pense bem antes de contrair um crédito pessoal, uma vez que é um grande compromisso. É como começar uma relação. Não é por um familiar lhe ter dito que ganhou peso que vai ter de ir ao correr ao banco pedir um empréstimo para se inscrever na Zumba, ter aulas de CrossFit ou mesmo fazer uma lipoaspiração para retirar o “excesso de gordura” que pode nem existir. Considere as suas decisões antes de tomá-las. Pode fazê-lo poupar tempo, esforço e dinheiro.

Não Ter Planos a Longo Prazo

Contrair crédito impulsivamente pode levar a este problema. Quando solicita um empréstimo compulsivamente, não está a planear as finanças a longo prazo. Isto é, não está a considerar as despesas diárias no futuro. Não ter planos financeiros a longo prazo pode conduzi-lo a vários problemas, tais como dívidas, impossibilidade de pagar contas e muitas vezes ter pouco dinheiro para alimentação: o básico que precisa para o dia-a-dia.

Por isso, lembre-se, quando estiver a solicitar um crédito pessoal, pense no futuro e como vai pagar o empréstimo, assim como onde vai obter o dinheiro.

Documentação Incompleta

Esquecer-se de submeter toda a papelada e documentação necessária pode levá-lo a um processo de aplicação de empréstimo bastante frustrante e aborrecido. Normalmente, é falha de quem pede o empréstimo não ler os pré-requisitos na totalidade, admitindo que, uma vez que o crédito pessoal é uma forma rápida de adquirir dinheiro, pode ser facilmente feito apenas preenchendo alguns papéis. Errado.

Tem de provar ao banco ou à instituição de crédito que é capaz de pagar o montante que pediu (mais os juros). Não submeter a documentação e os pré-requisitos completos irá apenas atrasar a aplicação do empréstimo e quaisquer que sejam os planos que tenha para ele. Consequentemente, é provável que tenha de andar para a frente e para trás para o banco ou agência só para ver a aplicação aprovada. Antes de solicitar o empréstimo, certifique-se que tem tudo o que é preciso consigo (umas fotocópias extra nunca fizeram mal a ninguém) para ter um processo fácil e tranquilo.

Falsificação de Dados

Tem de preencher o formulário com 100% de honestidade, sem “se’s” ou “mas”. Seja preciso e exato o máximo que conseguir. Porquê? Não contar a verdade ao banco ou agência pode e irá certamente trazer-lhe chatices mais tarde. Falsificar dados pode levá-lo a um processo jurídico ou mesmo criminal, uma vez que está a cometer fraude. Ou pior, pode estar a usar informações de outra pessoa quando preencher o formulário, o que significa roubo de identidade. Não faça isso.

Se o formulário requisitar que revele informações necessárias para completar o processo, faça-o. Se se sentir desconfortável a partilhar tais informações, pergunte ao banco ou à agência de crédito como deve contornar a situação e decerto que terão o prazer de ajudá-lo.

Pedir Emprestado Para Outra Pessoa

Algumas pessoas pedem dinheiro sob o seu nome mas dão-no a outra para usar. Não faça isto! Estes casos são problemáticos, uma vez que não é a outra pessoa que paga de volta o empréstimo com juros. Para além disso, a outra parte pode simplesmente pegar no dinheiro e fugir, deixando-o com um grave problema em mãos, a pagar o empréstimo e os juros sem colher qualquer benefício do crédito.

Ignorar as Letras Pequeninas do Contrato

Uma vez que obter um crédito pessoal é também uma forma de contrato vinculativo entre si e o banco ou instituição de crédito, deve lê-lo na íntegra, incluindo as letras microscópicas que tanta gente salta. Ao não o fazer, pode estar a passar informação importante sobre o empréstimo que está a contrair, como a oscilação mensal dos juros de taxa variável ou algumas alterações importantes ao termo do empréstimo que o banco pode efetuar sem o seu conhecimento prévio, a não ser que pergunte. Estes são alguns detalhes que precisa de saber, pois podem fazer a diferença entre ir para a frente ou desistir da aplicação. Leia-os antes de assinar a linha tracejada!

Esquecer-se de Comparar

Para tirar o máximo proveito dos seus empréstimos, não se esqueça de comparar todos os produtos disponíveis. Analise taxas de juro e anuais e prazos, para ter a certeza que escolhe o crédito certo. Comparar vai ajudá-lo a poupar dinheiro a curto e longo prazo. Clique aqui para ter acesso a uma ferramenta de comparação gratuita de crédito pessoal, que pode auxiliá-lo a encontrar o empréstimo com as características que pretende.

Apanhou tudo? Tente evitar estes erros para que possa usufruir de um crédito pessoal sem qualquer problema ou preocupação!

Este artigo foi produzido pela equipa do ComparaJá.pt, a mais recente plataforma online de agregação e comparação de produtos financeiros em Portugal, como cartões de crédito e crédito pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.