10 formas para jovens casais pouparem

Poupança Jovem

Muitos jovens decidem juntar os trapinhos cedo mas muitas vezes cometem alguns erros que podem colocar em risco um futuro melhor, nomeadamente a nível financeiro. No artigo de hoje é dedicado a finanças pessoais de jovens casais onde vamos partilhar 10 regras de poupança fundamentais para terem um futuro melhor.

 

Arrendamento do imóvel

Grande maioria opta inicialmente pelo arrendamento de casa o que a meu ver pessoal é a opção correcta até porque é uma experiência nova viverem os dois juntos debaixo do mesmo tecto sem a certeza que possa resultar.

Uma das formas de poupar dinheiro é concorrerem à Porta 65 que é um programa de apoio ao arrendamento jovem onde mensalmente ajudam com o pagamento da renda até 60% mediante o agregado familiar e rendimentos.

O preço da casa não deve ultrapassar no máximo mais do que 50% do rendimento do casal, mas o melhor é que esteja entre 30/35 %.

Além do valor da renda vai existir custos com água, luz, gás, televisão, comunicações, transportes, alimentação entre outros e para terem uma vida desafogada o valor da renda da casa é essencial para manter o equilíbrio financeiro.

 

Seguro de arrendamento

O seguro de arrendamento é muito importante a meu ver ainda mais de formos a avaliar que nos empregos de hoje a estabilidade é muito pouca e assim sendo investir num seguro de arrendamento significa ter o pagamento da sua renda assegurado em caso de desemprego.

Poupança

Um casal que desde o início que se habitue a poupar tem muito mais hipóteses no futuro de ter uma vida tranquila financeiramente. Decidam desde o início abrir uma conta poupança onde pelo menos 10% dos rendimentos mensais devem ir directamente para essa conta.

 

Não ao crédito

O acesso ao crédito está cada vez mais difícil, mas se mesmo assim for pensar pedir um crédito o nosso conselho é que não o faça ! São jovens e iniciaram recentemente a vossa vida e nada mais errado do que já começarem a endividar-se . Seja para comprar carro ou electrodomésticos para a casa optem por juntar o dinheiro e comprarem a pronto, nem que isso signifique estarem a adiar a compra durante 1 ano.

 

Compre com inteligência

As primeiras compras podem levar ao casal a cometer alguns erros e para poupar dinheiro nas compras do mês é muito importante fazer uma lista do que é necessário e combinarem estudar os preços antes de colocar o produto no carrinho.

Após alguns meses já terá mais experiência para ter cuidado com certos produtos que parecem mais baratos mas não são e também ter a consciência da quantidade de produtos que realmente precisa para um mês.

 

Subscrições de serviços

Em quase todas as subscrições de serviços tv por cabo ou comunicações têm um período de fidelização entre 12 a 24 meses e por isso é importante avaliar bem o impacto que a mensalidade desse serviço terá nas vossas finanças. Avalie o que realmente é necessário para as horas que passam em casa e que tipo de serviços podem adiar ou mesmo dispensar. Subscreva só aquilo que realmente precisa evitando de gastar dinheiro a mais durante um ano ou dois. Poderá compravar fazendo as contas que pode poupar muito dinheiro ao longo desse período.

 

Vida nova .. velhos hábitos ?

Quando se está na casa dos Pais a vida por norma é sempre mais facilitada e permite levar uma vida mais descontraída com saídas constantes aos fins de semana e gastar muitas vezes dinheiro desnecessariamente em peças de roupa caras ou acessórios.

Se é uma vida nova e agora existe uma responsabilidade acrescida com os compromissos de uma casa e despesas inerentes é elementar mudar velhos hábitos não querendo com isto dizer que não se devem divertir ou sair, pelo contrário devem aproveitar bem a juventude mas de forma calculada e responsável com a nova vida que decidiram escolher.

 

Poupe dinheiro..estudando

Isto agora com as despesas todas vou largar os estudos para se poupar dinheiro…. Nada mais errado! Estudar é fundamental para o vosso futuro e se têm a oportunidade de continuar com os estudos não desistam porque não só estão a investir no vosso futuro como também um dia mais tarde vão perceber que para se ter bons cargos e empregos os estudos são fundamentais.

 

Depósitos a prazo

Isso mesmo, aplique o dinheiro extra como subsídios, prémios etc em depósitos a prazo porque além de estarem a investir o vosso dinheiro de forma segura não vai existir a tentação de gastar e um dia mais tarde vão agradecer recolherem os juros que ganharam com esses depósitos a prazo.

 

Não utilizar cartões de crédito

Principalmente quando se é jovem facilmente se é convencido a aderir a certos cartões de crédito por exemplo num certo comercial ou numa loja. Lembre-se que cartões de crédito têm taxas altas e mal usados pode ser o início de endividamento do casal.

Mesmo em certas lojas são sugeridos tipos de cartões para pagar os produtos em prestações e ter descontos mas no fundo também são cartões ligados a instituições financeiras e muitas cobram juros e anuidades como também influência a taxa de esforço de anos mais tarde pretenderem por exemplo pedir um crédito habitação.

 

Estas pequenas dicas de poupança para jovens casas é apenas uma parte de muitas para se ter um inico de vida juntos tranquilos de olhos no futuro. Cada vez mais é importante começar com hábitos de poupança cedo e escolhas acertadas para assegurar um futuro com alguma estabilidade financeira que sempre é importante na vida a dois.

Comments

  1. By Renato

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *